Chefe do tráfico na Mangueira é preso pela Polícia Federal

 
A Polícia Fenderal prendeu na última quinta-feira (28) Franklin Gomes dos Santos, o "Frank da Mangueira". Identificado como chefe do tráfico da Mangueira, na zona Norte do Rio de Janeiro, o criminoso tinha três mandados de prisão expedidos contra ele.
A operação da PF também apreendeu 239 tabletes de maconha e 60 tabletes de cocaína escondidos em um caminhão que seguia para a favela.
O caminhão foi encontrado durante operação de policiais federais na Via Dutra. A PF vistoriava veículos de carga que pernoitavam em postos da estrada quando encontraram o caminhão com 193 tabletes de drogas em um compartimento da carroceria.
O caminhoneiro e outras cinco pessoas que receberiam a droga e a levariam para a Mangueira foram presos. O veículo foi encaminhado à Delegacia da PF em Nova Iguaçu. No dia seguinte à operação, cães farejadores da PF encontraram drogas também nos estepes do caminhão. Mais 46 tabletes de maconha e 60 de cocaína foram encontrados.
De acordo com o delegado Carlos Eduardo Thomé, chefe do Núcleo de Operações, agentes da PF já vinham monitorando o caminhão suspeito. Na parte da tarde, cinco pessoas encontraram o motorista, que se dirigiu ao caminhão carregando várias bolsas, reforçando a suspeita dos policiais.
Ao ser abordado, ele confessou o carregamento de entorpecentes e afirmou que as pessoas que o encontraram eram as responsáveis pelas drogas.
Segundo a PF, depois de refinados, os 60 quilos da pasta base renderiam cerca de 400 quilos de cocaína para o mercado varejo. A venda traria um lucro de cerca de R$ 4 milhões para a quadrilha, sem incluir a maconha também apreendida.