PF FECHA UMA DAS MAIORES FÁBRICAS ILEGAIS DE PALMITO DO PARANÁ

PF fecha uma das maiores fábricas ilegais de palmito do Paraná 

 A Polícia Federal fechou, no fim da tarde de ontem (28/5), uma das maiores fábricas ilegais de palmito em conserva do Paraná, localizada em um sitio na área rural de Realeza.
No local, foram apreendidos palmitos in natura e envasados, quantidade suficiente para encher mais de 2 mil vidros de palmito, em conserva. As informações iniciais são que essa quantidade de palmito foi extraída ilegalmente do Parque Nacional do Iguaçu/PR e seria vendida em todo estado. Uma pessoa foi presa e duas fugiram.

Durante as buscas realizadas no local, policiais federais encontraram ainda um revólver calibre 38. Também foram apreendidos conservantes irregulares e veículos. A ação policial foi motivada por denúncias anônimas, que indicavam a venda ilegal de palmito na região.

O preso foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal em Cascavel e responderá por diversos crimes previstos no Código Ambiental e no Código Penal. As buscas pelos fugitivos devem continuar, e um inquérito policial será instaurado para apurar todos os envolvidos.
Por causa da imensa quantidade, a carga de palmitos será encaminhada diretamente ao ICMBio, com sede em Capanema. Segundo informações do órgão ambiental, essa é uma das maiores apreensões de palmito no estado.

POSTADO POR GRUPO ENTRE FRONTEIRAS
FOTO;.POLICIA  FEDERAL 
DATA 29 DE MAIO 2013