A Polícia Federal deflagrou, nesta manhã (24/9)

Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou, nesta manhã (24/9), a Operação Agro-Fantasma

com o objetivo de combater um grande esquema de desvio de recursos públicos, oriundos de um dos programas do “Fome Zero”, do Governo Federal, denominado PAA - Programa de Aquisição de Alimentos, da ação de Compra Direta da Agricultura Familiar com Doação Simultânea –, repassados pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) a associações e cooperativas rurais.
 Policiais federais dão cumprimento a 11 mandados de prisão preventiva, sete mandados de suspensão cautelar da função pública, 37 mandados de busca e apreensão e 37 mandados de condução coercitiva, em 15 municípios do Paraná, além de Bauru/SP e Três Lagoas/MS, todos expedidos pela 2ª Vara Criminal da Justiça Federal de Curitiba/PR. A Operação Policial conta com a participação de cerca de 200 policiais federais.
 A investigação, iniciada em 2011, foi realizada pela Polícia Federal na cidade de Guarapuava/PR, a partir da deflagração de outra operação, denominada Feira Livre, que investigou as fraudes em um dos municípios. Foram investigados 22 programas dos anos de 2009 a 2013, nos municípios paranaenses de Guarapuava, Foz do Jordão, Honório Serpa, Candói, Ponta Grossa, Irati, Rebouças, Teixeira Soares, Inácio Martins, Fernandes Pinheiro, Itapejara D’Oeste, Goioxim, Pinhão e Querência do Norte.  Em todos os programas investigados, foram encontradas evidências de desvio de recursos.
 Até o momento, 58 pessoas foram indiciadas pelos crimes de apropriação indébita previdenciária, estelionato contra a CONAB, quadrilha ou bando, falsidade ideológica, ocultação de documento, peculato doloso, peculato culposo, emprego irregular de verbas públicas, prevaricação, condescendência criminosa e violação de sigilo funcional, todos previstos no Código Penal Brasileiro. Funcionários que compõem a cúpula da CONAB/PR e fiscais ligados ao grupo estão sendo afastados, em razão de fortes indícios de participação nos crimes.
   O programa investigado (PAA - Programa de Aquisição de Alimentos) foi implementado em 2003 e movimenta anualmente bilhões de reais em todo o Brasil.
 Será concedida entrevista coletiva, às 10 horas, no auditório APF Edson Matsunaga, na Superintendência da Polícia Federal, localizada na Rua Sandália Monzon, nº 210, bairro Santa Cândida, Curitiba/PR.
FOTO PF

DATA 24/09/2013