Onda de assaltos assusta comerciantes em Coronel Sapucaia

Onda de assaltos assusta comerciantes em Coronel Sapucaia

Ações criminosas são praticadas por motociclistas com os rostos cobertos que tem como alvo estabelecimentos comerciais

Uma onda de assalto a mão armada tem tirado o sossego dos comerciantes em Coronel Sapucaia, na fronteira com o Paraguai.
Segundo a Polícia Militar local os marginais usam sempre os mesmos modos operantes. Chegam em dupla e abordo de motocicleta.
Usando capacetes para não serem identificados, de arma em punho, o garupa da invade o estabelecimento, anuncia o assalto e mediante ameaças aos comerciantes e aos clientes do estabelecimento apanha o que tem no caixa e objetos pessoais das vítimas e fogem em direção a cidade paraguaia de Capitan Bado, que fica e pouca distância dos locais escolhidos para praticar o roubo.
De acordo com a polícia, só neste final de semana prolongado foram três ações criminosas dessa natureza.
Duas delas, pelas características dos assaltantes, praticadas pela mesma dupla, dois homens em uma motocicleta de cor preta e fazendo o emprego de uma pistola niquelada, calibre não identificado.
Polícia Militar pede apoio da população
De acordo com o comandante do 3º Pelotão de Polícia Militar de Coronel Sapucaia, 1º Tenente Yuri Fernandes de Souza, a PM local tem intensificado o patrulhamento para tentar impedir os assaltos, mas o trabalho é dificultado justamente pela facilidade de fuga dos marginais para o país visinho.
O comandante ressalta que a colaboração da sociedade local, passando informações sobre possíveis suspeitos à polícia, será fundamental para identificar e prender os assaltantes.

Precisamos da colaboração da população. Solicitamos a quem tiver qualquer informação sobre a identidade desses indivíduos que nos comunique, mesmo que de forma anônima”, ressalta Yuri Fernandes ao relatar que as informações podem ser passadas no fone 190, o telefone de emergência da PM local, pelo (67) 3483-1842 ou diretamente na sede da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar, com sede em Amambai, a qual o Pelotão de Coronel Sapucaia é subordinado, pelo telefone (67) 3481-1255.
A Polícia Civil de Coronel Sapucaia, que deveria ser o órgão responsável por atuar nas investigações dos crimes, está praticamente inoperante por falta delegado e de policiais.
FOTO MARY DE OLIVEIRA


DATA 15/10/2013  CORONEL SAPUCAIA MS