PRODUTORES RURAIS FAZEM PROTESTO CONTRA FUNAI

PRODUTORES RURAIS FAZEM PROTESTO CONTRA ATUAÇÃO DA FUNAI NAS INVASÕES DE TERRAS EM MS



Diretamente prejudicados com as constantes invasões indígenas, pequenos produtores de Mato Grosso do Sul e do Paraná fizeram um protesto nesta terça-feira (19), na sede da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Campo Grande (MS), denunciando a atuação do órgão nas invasões de propriedade no Estado. Com faixas e cartazes, cerca de 200 produtores pararam em vários momentos o trânsito na frente da Funai, e no final da manhã entraram no prédio da Fundação.


A manifestação recebeu o nome de Movimento de Agricultores Familiares Vítimas da Funai (MAFF) e reuniu produtores de Iguatemi, Tacuru, Laguna Carapã, Caarapó, Sidrolândia, Dois Irmãos do Buriti, Miranda (MS) e Guaíra (PR). Os produtores reivindicam a paralisação das invasões, o cumprimento das reintegrações de posse, o fim dos processos de demarcação de áreas invadidas e a atuação do Governo Federal para por fim à insegurança no campo.

Produtor de mandioca e amendoim em Iguatemi, Hermógenes Leite Bonfim teve sua propriedade de apenas 30 alqueires invadida por duas vezes – primeira em 2003 e a segunda este ano – e considera a situação como insustável. “Fui impedido de entrar na minha propriedade pelos indígenas e agora sou obrigado a alugar uma casa na cidade. Se o Governo quer dar terra aos índios, que compre com dinheiro, como todos nós compramos. Não queremos uma nova Suiá Missu”, desabafou.

O produtor rural Ivagner José Varago, que também teve sua propriedade em Japorã invadida duas vezes por indígenas da etnia Guarani Kaiowá, veio para apoiar o movimento e somar forças. “Queremos produzir em paz. Viemos chamar a atenção de quem nos trata com descaso”, afirmou Varago.

De acordo com a Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul) a manifestação é legítima diante da violência e insegurança geradas pelas 80 invasões em áreas rurais do Estado. A última ocorreu nesta segunda-feira (18), quando um grupo de Guaranis invadiu mais uma propriedade, no município de Dourados. 

Invasões – Já são 79 terras invadidas por indígenas no Estado, de acordo com a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul).


                      DATA 20/11/2013 DOURADOS MS