Produtores rurais pedem proteção a secretário de segurança pública

 Produtores rurais pedem proteção a secretário de segurança pública 
Representantes dos sindicatos rurais de Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Campo Grande, Angélica, Ribas do Rio Pardo e Rio Brilhante, juntamente com o vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Sistema Famasul), Nilton Pickler, e o diretor secretário da instituição, Ruy Fachini, reuniram-se na manhã desta quarta-feira (13) com o secretário de segurança pública do Estado, Wantuir Jacini, para solicitar o aumento da segurança policial na região desses municípios, principalmente, nos projetos de assentamentos São João em Nova Andradina e Nova Alvorada do Sul, denominado como Pana.
De acordo com o diretor secretário da Famasul, Ruy Fachini, há falta de policiamento na região. “Os produtores denunciam roubo de gado, grãos e maquinários. É preocupante o modo como a população local é prejudicada pelo aumento da criminalidade, afetando inclusive os alunos dos municípios”, salienta Fachini.
Segundo os produtores, a suspeita é de que os crimes ocorridos são praticados por elementos ligados à facção criminosa denominada Primeiro Comando da Capital (PCC) da região. Os sindicatos rurais enviaram ao secretário e a o governador André Puccinelli um ofício solicitando o aumento da segurança nas áreas afetadas.
Para a presidente do sindicato rural de Nova Andradina, Thelma Menezes de Araújo, entre os municípios citados há uma faixa de 70 quilômetros sem segurança e sem meio de comunicação, transformando-se em ponto estratégico para os criminosos. “A área precisa de atenção especial por parte da polícia”, afirmou.
O secretario Jacini afirmou que tomará providências para o aumento do policiamento na área. “O efetivo do Departamento de Operações da Fronteira (DOF) será reforçado em breve. O trabalho é permanente, vamos realizar um mapeamento de onde estão ocorrendo os crimes e aumentar a vigilância”, ressaltou Jacini.
        DATA 14/11/2013 AMAMBAI MS