Traficante mexicano vai em cana no aeroporto, a caminho do estádio

Traficante mexicano vai em cana no aeroporto a caminho do estádio
Agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Federal (PF) prenderam no fim da noite de segunda-feira um traficante mexicano que tentava embarcar no Aeroporto do Galeão para Fortaleza (CE). Jose Diaz Barajas, de 49 anos, estava com a mulher e dois filhos. A família tinha ingressos para assistir a Brasil x México, ontem, na capital cearense. Apontado como chefe de um esquema internacional de venda ilegal de metanfetamina, o gringo era procurado em seu país e nos Estados Unidos. Como o nome do foragido estava na lista de procurados da Interpol, o governo americano já ingressou com o pedido de extradição do acusado.
A prisão preventiva do mexicano foi decretada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello. Barajas ficará no Presídio de Água Santa, no Rio, até que o processo de extradição seja concluído.
O suspeito começou a ser monitorado pela PF na última quarta-feira, quando entrou no Brasil, via terrestre, por Foz do Iguaçu (PR), vindo da Argentina. Com a decretação da prisão preventiva, agentes o localizaram hospedado com a família em um hotel na Zona Sul do Rio. A prisão aconteceu às 22h40 de segunda, quando ele tentava embarcar no voo que sairia às 23h50.
"Monitoramos os passos desse mexicano no Brasil. Tínhamos equipes no Rio e em Fortaleza. Tínhamos também a cópia do ingresso que ele havia comprado para o jogo", disse o coordenador-geral de Cooperação Internacional da PF, delegado Luiz Cravo Dórea.
              DATA 19/06/2014/  RIO DE JANEIRO RJ