Balanço geral de atividades e Op Tiradentes

Departamento de Polícia Rodoviária Federal / MJ
Superintendência Regional de Mato Grosso do Sul
Balanço geral de atividades operação Tiradentes 
Dentre os pontos de destaque está a redução do número de mortos nas rodovias federais no primeiro trimestre deste ano em -66,44%  em comparação ao mesmo período do ano passado. Como justificativa da redução, apresentou vários motivos, dos quais se destacam o aperfeiçoamento do planejamento das operações, a aquisição de 8 radares de última geração e a intensificação das fiscalizações de alcoolemia.

Com o novo radar, o aumento do número de autuações por excesso de velocidade saltou de3351 para 10360 (conforme gráfico em anexo), levando-se em conta o período de outubro a março (2013/2014) e o mesmo período (2014/2015)
Foram apresentados também alguns resultados operacionais de 2014. O destaque foi para o maior número de drogas apreendidos na história da PRF/MS, Somente de maconha, foram mais de 70 Toneladas (gráfico em anexo também). Foi também em 2014 que ocorreu a maior apreensão de armas pesadas da história da PRF quando no final de dezembro a PRF encontrou 17 fuzis em uma carreta. (fotos também em anexo).

Como justificativa para o alcance desses números o Superintendente destacou, além da capacidade técnica dos policiais,  a utilização do equipamento Scanner Adquirido pela PRF em 2013. O Superintendente também afirmou que não se trata de uma ferramenta de uso ordinário sendo sempre coordenada com ações de inteligência. Mas que nunca deixou de operar em todo esse período, exceto para as manutenções do equipamento prevista pelo manual e pela garantia de 5 anos que ele possui. Por questões estratégicas, a PRF também não divulga o que foi apreendido com o scanner ou outra tecnologia, sendo tudo lançado no mesmo pacote de atividade, ou seja fiscalização da PRF.
Sobre a falta de efetivo, afirmou que é esperado que seja 40% maior para um desenvolvimento mais avançados das atividades e que isso deve acontecer nos próximos anos por iniciativa do governo federal. 
Data 23/04/2015 Campo Grande MS