DOF Divulga Balanço Semestral Recorde

DOF DIVULGA BALANÇO 
SEMESTRAL RECORDE

Com números recorde, DOF 
divulga Balanço Semestral de 
suas ações na fronteira.

Na noite dessa quinta-feira (02), o Diretor do Departamento de Operações de Fronteira – DOF, divulgou o balanço semestral de suas ações, que segundo os números, superaram todas as expectativas, sendo o melhor 1º semestre do Departamento em seus 28 anos de existência.
Os dados já apontavam para um recorde, quando o Departamento divulgou no final de abril de 2015, seu balanço quadrimestral como sendo o melhor da história do DOF.

Até o dia 30 de junho de 2015, os resultados registrados pelo Departamento de Operações de Fronteira nas cerca de 30.000 abordagens realizadas em barreiras, bloqueios e patrulhamento itinerante, nos mais de 1500 quilômetros de fronteira do MS com Paraguai e Bolívia, que é o serviço especializado prestado pelo DOF, culminaram na apreensão de mais de 22 toneladas de drogas; prisão de 194 pessoas envolvidas no narcotráfico; cumprimento de 51 mandados de prisão; apreensão de 540.000 pacotes de cigarro contrabandeados; apreensão de 94 veículos produto e furto, roubo ou adulteração e a apreensão de 26 armas de fogo.

De acordo com o balanço houve um aumento considerável na apreensão de maconha, cocaína e haxixe nas fronteiras do Estado de Mato Grosso do Sul, sendo que o total de drogas apreendidas pelo DOF, chegou a quase 22 toneladas, sendo que no mesmo período de 2014 foram apreendidas cerca de 14,5 Toneladas.

O volume mais expressivo registrado pelo DOF no ano de 2015, foi na apreensão de maconha, que chegaram a 21.333(vinte e um mil e trezentos e trinta e quatro) quilos da droga, com aumento de 55% se comparado ao mesmo período de 2014.

Outra droga que apresentou um grande número de apreensões neste ano foi o haxixe, que é subproduto da maconha, e totalizou cerca de 41(quarenta e um) quilos, 95% a mais do que no mesmo período de 2014.

O número de pessoas presas, envolvidas com o narcotráfico, também acresceram 45% se comparado com o mesmo período de 2014.

As apreensões de cocaína tiveram um aumento de 20% e totalizaram cerca de 234 (duzentos e trinta e quatro) quilos apreendidos no ano de 2015.

Estima-se em mais de 30 milhões de reais o prejuízo do narcotráfico com as apreensões de drogas realizadas pelo DOF neste 1º semestre de 2015.

Os cumprimentos de mandados de prisão cresceram 125%, a apreensão de veículos produto de furto, roubo ou adulterados cresceram 240% e a apreensão de armas de fogo cresceram 160%, todos esses números comparados com o mesmo período de 2014.

Já as apreensões de cigarro contrabandeados do Paraguai cresceram 230%, com mais de 540.000 pacotes apreendidos, sendo essa avaliada em mais de 18 milhões de reais.

Segundo o Diretor do DOF, Coronel PM Ary Carlos Barbosa, que assumiu a direção do Departamento em fevereiro desse ano, a motivação e experiência da tropa, somada a um programa constante de qualificação operacional, a implementação e ampliação dos setores de inteligência e comunicação, bem como o apoio logístico disponibilizado pelo Governo do Estado através da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do MS, são os principais motivos para o alcance desse número recorde na história do Departamento.