DOF Propõe Solução para as Invasões de Antônio João

DOF PROPÕE ESFORÇO 
INSTITUCIONAL PARA RESOLUÇÃO 
DOS PROBLEMAS CAUSADOS 
PELAS INVASÕES NA REGIÃO 
DE ANTÔNIO JOÃO

DOF propõe esforço institucional para 
resolução dos problemas causados pelas 
invasões na região de Antônio João.


Na tarde do dia 28 de Agosto de 2015, por intermédio da Direção do DOF, reuniram-se diversos órgãos ligados ao conflito indígena instalado na região de Antônio João desde o último dia 22, após invasão da fazenda Primavera por índios da Aldeia Marangatu, para deliberarem sobre possíveis soluções para o impasse, visando minimizar os prejuízos causados tanto a produtores quanto aos indígenas.

A reunião ocorreu no prédio do Ministério Público Federal em Ponta Porã, sob a coordenação do Diretor do DOF Coronel Ary Carlos Barbosa, com a participação do Diretor da FUNAI Elder Paulo Ribas, o Delegado da Policia Federal Bruno Maciel e o Delegado Regional de Policia Civil de Ponta Porã Clemir Vieira Junior, bem como representantes dos produtores rurais das fazendas invadidas.

O tema principal foi as últimas invasões das Fazendas Fronteira, Cedro, Barra, Piquiri, Morro Alto, Brasil e Ita-Brasília, e como institucionalmente poderiam ser minimizados os prejuízos dos índios e dos produtores na região, ficando a princípio marcada uma vistoria nas fazendas supostamente invadidas afim de verificar as condições das físicas das fazendas e do gado, para posteriormente ser montado um organograma para retiradas de mobiliários e do gado. Essa proposta deverá ser levada pela FUNAI aos indígenas.

Amanhã pela manhã, representantes da bancada federal, deputados estaduais, bem como secretários de governo e o Diretor do DOF estarão em Antônio João, para discutirem junto a produtores e indígenas possíveis caminhos para solução do conflito.
Antônio João/MS, 8 de Setembro de 2015