PRF - Operação Rodovia Integrada

PRF 
OPERAÇÃO RODOVIDA INTEGRADA

OPERAÇÃO CARNAVAL 2016


A Operação Carnaval executada entre 00h00 do dia 05 de fevereiro até 24h00 do dia 10 de fevereiro é uma das etapas da Operação RodoVida, iniciada no dia 18 de dezembro de 2015.

O objetivo da operação foi reforçar o efetivo empregado nas ações de policiamento e fiscalização com foco na prevenção e redução dos acidentes de trânsito, bem como aumentar a percepção de segurança nas rodovias federais e intensificar o combate à criminalidade no período da Operação.

Todo o esforço foi feito com o manejo do efetivo do próprio estado, sendo alocado em trechos mais críticos – levantados no planejamento. Foram priorizadas ações preventivas para redução da violência do trânsito e de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, ao uso inadequado do cinto de segurança e de dispositivos de retenção adequado para as crianças, às ultrapassagens indevidas e envolvendo motocicletas ou ciclomotores, historicamente com índices elevados de letalidade.

Números nacionais apontam uma redução de 40% do número de acidentes nas rodovias federais durante a Operação Carnaval 2016. De sexta-feira (5) até quarta-feira (10), foram 1.703 acidentes, 180 acidentes graves, 1.642 feridos e 108 mortos. Em 2015, (de 13 a 18 de fevereiro) foram 2.824 acidentes, 413 acidentes graves, 1.849 feridos e 113 mortos. 

Acidentes Graves Feridos Mortos
No fechamento da Operação em Mato Grosso do Sul a PRF constatou a diminuição do número de acidentes de 53 para 49 no comparativo ao ano anterior. Os acidentes graves (onde há pelo menos um ferido grave ou morte) se mantiveram em 08 (oito). O número de acidentes com óbitos que no ano anterior foi zero foi elevado para 03 (três) acidentes, com 04 (quatro) pessoas mortas.

O comportamento do motorista é essencial para diminuição da violência no trânsito e reflete diretamente no número de acidentes. Somente no Mato Grosso do Sul foram fiscalizados 9.011 veículos e 1.338 autos de infração lavrados. As autuações por excesso de velocidade foram de 4.158, somente com radares fotográficos. A fiscalização com etilômetro (bafômetro) alcançou 3.910 testes, com 87 autuações e 20 prisões por embriaguez.
PRF/MS, 12 de Fevereiro de 2016.