A Greve Geral Freia Retirada de Direitos

A Greve Geral
Freia Retirada de Direitos
Durante audiência pública na capital paulista nesta quinta-feira (11), a CUT e as centrais sindicais CTB, Conlutas, Intersindical, Central Sindical UST, Força Sindical, UGT, CGTB e Nova Central discutiram as mudanças que o governo golpista de Michel Temer quer fazer em direitos trabalhistas e sociais.

O encontro convocado pela ocorreu todo o Brasil e agora promove encontros regionais, dirigentes e especialistas trataram de temas de Direitos Humanos e Legislativa do Senado, presidida pelo senador Paulo Paim (PT-RS), que já per como ataques à Previdência, terceirização ilimitada, negociado sobre legislado e trabalho escravo.

O primeiro passo dessa luta unificada como ocorrera já no próximo dia 16 de agosto, 10 horas, quando as centrais promoverão um Dia Nacional de Mobilização e Luta por Emprego e Garantia de Direitos. Em São Paulo, a atividade ocorrerá na Avenida Paulista, em frente à Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo).

A audiência pública, discutiu com centrais sindicais e representantes dos trabalhadores os ataques aos direitos que tramitam no Legislativo, com ênfase em dois projetos. Um deles é o Projeto de Lei do Senado (PLS) 432, que pretende alterar o conceito de trabalho escravo, e dificultar a expropriação de propriedades onde sejam identificadas tais práticas. Outro é o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 30, que libera a terceirização em todas as atividades. O texto já foi aprovado pelos deputados no ano passado e se encontra em tramitação no Senado.
São Paulo/SP, 12 de Agosto de 2016