Mineiro foi preso na manhã de hoje levando cem quilos de maconha dentro das portas e no assento traseiro do carro


 Um homem de 41 anos foi preso por policiais militares rodoviários na manhã de hoje (6) na MS-156, entre os municípios de Amambai e Caarapó, na fronteira com o Paraguai, transportando cem quilos de maconha.
 Os tabletes da droga estavam escondidos dentro das portas e até no interior do assento traseiro de um Fiat Punto preto com placa de Belo Horizonte (MG). Os policiais tiveram muito trabalho para remover a droga, como mostra o vídeo abaixo.
 Para tentar despistar os policiais, Michelangelo Cesar Pereira, morador em São Sebastião do Paraíso (MG), usava crachá, celular corporativo e uniforme de uma empresa da qual disse ser representante comercial.
 A empresa é legítima, mas a polícia suspeita que apenas estava sendo usada como fachada pelo motorista do tráfico.
 Ao ser parado na base do batalhão da PMR, ele disse que voltava de Amambai, onde tinha visitado clientes. A história não convenceu os policiais, que vistoriaram o carro e encontraram a maconha.
 Os tabletes estavam dentro das portas, no banco traseiro e no assoalho do porta-malas. Michelangelo disse que trouxe o carro de Belo Horizonte há dois dias e permaneceu em um hotel de Coronel Sapucaia.
 Na manhã desta terça-feira pegou o carro já preparado com a maconha para levar até a capital mineira. Pelo serviço contou que receberia R$ 10 mil. O caso foi entregue à Polícia Civil em Amambai.