Acusada de tramar morte do marido junto com amante é transferida à penitenciária de Jateí


 Valdirene foi encaminhada ao presídio feminino em Jateí.
 Valdirene Fiorentino da Silva, 35 anos, foi transferida para penitenciária na cidade de Jateí. Ela é acusada de tramar a morte do marido, o empresário José Pereira Barreto, da EuroTur, ela estava detida na delegacia do 1º DP.
 Além de Valdirene, foram presos outros cinco homens, todos acusados de envolvimento na tentativa de assassinato.
 Eles já haviam sido transferidos à Penitenciária Estadual de Dourados (PED). O município não possui penitenciária feminina, por isso, Valdirene foi encaminhada a outra cidade.
 O Caso: O empresário foi baleado no dia 13 de fevereiro com dois tiros. A polícia chegou a decretar a prisão dele, já que no carro foram encontraram R$ 63.605 em dinheiro, e na casa, apreendidos arma de fogo e quase meio milhão de reais.
 No entanto, o juiz Luiz Alberto de Moura Filho, da 1ª Vara Criminal de Dourados, concedeu habeas corpus por ser réu primário e ter residência fixa.
 Informações: Douradosagora
 Foto: Cido