PRF recupera dois veículos roubados e prende quatro pessoas em Mato Grosso do Sul

 A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou nesta segunda feira, 04 de janeiro, em um intervalo de quatro horas dois veículos roubados e prenderam quatro pessoas em Mato Grosso do Sul.
 A primeira ocorrência aconteceu às 16h, durante fiscalização, no km 14 da BR-267, em Bataguassu/MS.
 Os agentes deram ordem de parada a um Jeep/Renegade Thawk, com placas aparentes de Divinolândia/SP.
 O motorista, um homem de 67 anos, apresentou os documentos solicitados pela equipe.
 Em consulta aos sistemas, foram observados indícios de adulteração no CRLV. Durante verificação aos sinais de identificação do veículo, foi constatado que se tratava de um Jeep registrado em Mauá/SP, com ocorrência de roubo em 16/12/2018.
 O condutor declarou ter pego o veículo emprestado com outro homem.
Disse também que iria até Ponta Porã/MS carregar o carro com mercadorias e retornaria para Poços de Caldas/MG.
 O suspeito foi detido e encaminhado para a Polícia Federal de Três Lagoas/MS e o veículo foi entregue à Polícia Civil de Bataguassu/MS.
 A segunda ocorrência aconteceu às 19h45, em fiscalização no km 602 da BR-262 em Miranda/MS. Uma equipe da PRF abordou um Honda/HR-V com placas aparentes do Rio de Janeiro/RJ.
 Dentro do carro estava um homem de 33 anos e uma mulher de 24, que diziam ser um casal, mas os dois se mostraram muito nervosos e se contradiziam ao responder as perguntas dos policiais.
 Após checagem os agentes descobriram que as placas do Honda eram clonadas, com as originais sendo também do Rio de Janeiro/RJ, e que o veículo havia sido roubado em novembro do ano passado.
 O casal admitiu então a empreitada criminosa e revelou aos policiais que havia uma pessoa que receberia o veículo no perímetro urbano de Corumbá/MS e em seguida o levaria para a Bolívia.
 Os agentes foram até o local de encontro combinado entre os envolvidos e abordaram o receptador, um homem de 38 anos. Ele já havia sido preso pela PRF, levando outro veículo roubado para a Bolívia.
 Diante dos fatos, todos os suspeitos foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Corumbá/MS.