Em intervalo de uma hora, PRF prende cinco pessoas e apreende 154 kg de maconha e 37 kg de cocaína em Ponta Porã/MS


 A Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta quarta-feira, 20 de junho, apreendeu, em três abordagens distintas, 154 kg de maconha e 37 kg de cocaína, no km 68 da BR-463, em Ponta Porã/MS.
 Na primeira ocorrência, às 7h30 da manhã, os agentes abordaram um Renault/Logan, placas de Franca/SP. O motorista, de 42 anos, e seu passageiro, de 43, mostraram-se nervosos durante a entrevista.
 Após uma vistoria minuciosa ao veículo, a equipe encontrou, escondidos no parachoque, painel e assoalho, 54 kg (cinquenta e quatro quilos) de maconha.
 O condutor confessou ter ido com o veículo até a fronteira do Brasil com o Paraguai, onde deixou o carro para ser preparado com a droga.
Ele disse também que iria de volta para Franca/SP, onde receberia R$ 20.000 (vinte mil reais) pelo serviço.
 Na segunda abordagem, às 8h, em uma Operação Conjunta com a Polícia Federal, os agentes abordaram um Fiat/Siena, placas de Nova Andradina/MS.
O motorista, de 29 anos, estava acompanhado de uma passageira, de 41. Diante do nervosismo apresentado pelo ocupantes do veículo, foi realizada uma vistoria minuciosa, sendo encontrados, em um fundo falso próximo ao estepe, 37 kg (trinta e sete quilos) de cocaína. Também foram encontrados cinco frascos de suplemento para engorda animal.
 Os ocupantes do carro disseram que receberiam R$ 4.000 (quatro mil reais) para transportar a droga e os medicamentos do Paraguai até Nova Andradina/MS.
 Na última ocorrência, às 8h30, foi dada ordem de parada a um VW/Gol, placas de Santa Gertrudes/SP. A motorista, de 55 anos, não soube informar os motivos da viagem.
 Diante de suspeitas, os policiais realizaram uma vistoria e encontraram 100 kg (cem quilos) de maconha escondidos em vários compartimentos do veículo.
 A condutora confessou ter recebido o carro já com o ilícito em Ponta Porã/MS e receberia R$ 5.000 (cinco mil reais) pelo serviço de transporte até Bataguassu/MS.
 As ocorrências foram encaminhadas a Polícia Judiciária local.