Pernambucano é preso por enviar drogas pelo Correio em MS


 Antônio Augusto Freire de Carvalho Souza, de 20 anos, foi preso pela Polícia Civil, suspeito de enviar drogas pelo Correio, em Dourados. Ele seria parte de uma quadrilha especializada nesse tipo de ação.

 O criminoso foi preso nesta quarta-feira (4) e apresentado à imprensa nesta quinta-feira (5).

 O suspeito monitorou várias agências dos Correios em Dourados para entender o fluxo de movimento nos locais e os horários com o menor número de funcionários atendendo.

 Era para que as caixas recheadas com maconha encaminhadas por ele através do Sedex, não passassem por averiguação instantânea. Para isso, ele também colocava peças de artesanato e animais de pelúcia no interior desses objetos.

 O suspeito estava em um hotel na região central de Dourados quando foi preso por homens do Serviço de Investigações Gerais. Ele se preparava para uma nova remessa de entorpecentes. Com ele os investigadores apreenderam oito quilos da droga, duas caixas padrão usadas nas encomendas da estatal, documentos falsos e um rolo de plástico para envolver o ilícito.

 As remessas já teriam sido destinadas a São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco.